A hora de partir

ahoradepartir

O sol está baixando e eu ainda estou esperando você. Nada me resta agora, já te entreguei tudo. Só posso esperar. Na calçada, eu ao lado da inércia, juntos, observamos os minutos se desmancharem.

No bolso, tenho  apenas algumas memórias e o meu sorriso. E quando fecho os olhos vejo você chegando. Desculpe, estou atrasado, você diz. Me apeguei as suas promessas. Você me olhou nos olhos, não resisti.

Enfim chegamos a esse ponto. Eu esperando como no último capítulo. Tentei te alcançar, mas você foi rápido demais. Não olhou pra trás.

Agora, está ficando escuro e eu preciso partir. Quem sabe não nos vemos lá na frente? Não, eu não vou te esquecer. Você sabe que não. Mas, meus pés estão começando a ganhar vida. Vou caminhar até o amanhecer. E quando o primeiro raio de sol tocar minha pele, estarei lá, mais uma vez; esperando.